Tribunal Superior Eleitoral inicia testes de segurança das urnas eletrônicas

Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) abriu nesta segunda-feira a primeira etapa da fase de testes de segurança das urnas eletrônicas com a permissão do público de inspecionar os chamados códigos-fonte do sistema.

Segundo o TSE, os participantes pré-inscritos na fase dos testes podem realizar a inspeção nos códigos-fonte dos sistemas eleitorais. Ao todo, o tribunal recebeu a inscrição de 39 investigadores.

Os participantes terão um espaço preparado para o trabalho, na sede do TSE, em Brasília, inclusive com o custeio de passagens e diárias pelo tribunal.

Conforme o tribunal, o código-fonte de um software é um conjunto de arquivos de texto contendo todas as instruções que devem ser executadas, expressas de forma ordenada numa linguagem de programação. Essas instruções determinam o que um programa de computador deve fazer, o que ele deve apresentar e como ele deve se comportar. No caso das urnas eletrônicas, operacionalizar o registro do voto dos eleitores.

Recentemente, após pedido de sugestão ao governo, o TSE integrou um representante das Forças Armadas para fazer parte do comitê que vai acompanhar todo o processo eleitoral.

Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui