Vendas de estatais estão suspensas, no STF o placar é de 2×2

Estatais em liquidação pelo governo Bolsonaro - foto: montagem

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu na quarta-feira o julgamento sobre a exigência ou não de aval do Congresso e de realização de licitação pública nas operações de alienação do controle acionário de empresas públicas, sociedades de economia mista ou de suas subsidiárias ou controladas.

A sessão de julgamento foi suspensa após um empate em dois a dois no placar: os ministros Ricardo Lewandowski e Edson Fachin são a favor dessas duas exigências; e Alexandre de Moraes e Roberto Barroso, contrários. O julgamento, iniciado na semana passada, será retomado na quinta-feira com ainda sete ministros para votar.

Plenário do STF durante sessão 04/04/2018 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Uma decisão do Supremo sobre esse assunto terá repercussão em outra liminar, dada por Fachin e que suspendeu duas semanas atrás a venda já efetivada da Transportadora Associada de Gás (TAG), da Petrobras, por 8,6 bilhões de dólares, a um consórcio integrado pela elétrica francesa Engie.

Por Ricardo Brito (Reuters)


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui