20 anos do 11 de setembro – por Moises Maciel da Costa

Foto: AP Photo/Aurora, Robert Clark

Há exatos 20 anos atrás acontecia no Estados Unidos um dos maiores atentados terrorista, as Torres Gêmeas ” World Trade Center”, sofria um incidente que entrou para história da humanidade e que jamais será esquecido.

No dia 11 de setembro de 2001, lembro como se fosse hoje o acontecido, estava em casa quando o telefone toca, atendi, era meu amigo Renato me ligando e afirmando que estava começando uma possível terceira guerra mundial, o EUA estava sofrendo um ataque terrorista que ainda não sabia de quem era, pediu para eu ligar a TV e acompanhar o noticiário, imediatamente liguei a TV e vi o exato momento que o segundo avião chocava-se contra a segunda torre, fiquei assistindo tentando entender o que era aquilo, e logo depois através dos noticiários presenciei da mesma forma que o mundo todo presenciou, as duas torres desmoronando e a nuvem de poeira misturado com fumaça tomava conta de todo o local, foi  uma cena impressionante de se ver, até então nada tão surreal tinha se visto, nem mesmo em filmes de Hollywood conseguiria estampar aquela imagem tétrica que grifou chocantemente a humanidade.

Naquele momento começa uma longa guerra dos Estados Unidos contra o Terrorismo do Talibã e Al Qaeda que era liderado pelo Osama Bin Laden, trilhões de dólares foram investidos para dizimar o terrorismo fundamentalista islâmico que reinava no Afeganistão.

Os EUA conseguiram derrubar o poder paralelo e miliciano que vingava na Ásia central, porém passados vinte longos anos do acontecimento o mundo não esqueceu, vários filmes, noticiários, documentários e estudos foram feitos para entender a razão e o motivo pelo qual os terroristas decidiram fazer aquilo, todas as respostas possíveis foram coligidas, e é triste pensar que a cada dia o extremismo ganha mais a adeptos, o Talibã novamente retoma o poder no Afeganistão e isso é preocupante, pois o ressurgimento da Al Qaeda pode acontecer e novos atentados terroristas podem surgir, vinte anos era para comemorar o fim do terrorismo, porém percebemos que está longe de ser uma realidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui