Adolescentes do AM participarão de maratona para combater à covid-19

Foto: Reprodução

Com foco na promoção da prática da higienização das mãos e dos demais comportamentos-chave de prevenção para o combate e controle da pandemia da Covid-19, o Fundo das Nações Unidas (Unicef), em parceria com o Instituto Peabiru, lança a “Maratona Te Sai, Covid”, na próxima terça-feira (20), às 16h (horário de Brasília). Mais de 200 adolescentes e jovens de bairros prioritários dos municípios de Belém e Gurupá, no Pará, e Manaus, no Amazonas, estão convidados a fazer parte do jogo virtual.

O evento acontece por meio de uma live no YouTube e Facebook, no perfil do Instituto Peabiru. Os participantes deverão cumprir missões que possam ajudar a mitigar o impacto da Covid-19 em suas famílias e comunidades.

Durante o projeto, realizado desde fevereiro, já foram promovidos 14 diálogos no total, os quais contaram com cerca de 400 participantes nos três territórios, sendo que mais de 200 foram somente de adolescentes. Esses encontros tiveram o objetivo de sensibilizar os participantes a se tornarem agentes multiplicadores de boas práticas relacionadas à Covid-19.

Devido à pandemia, a “Maratona Te Sai, Covid” será realizada em formato virtual, de 20 de abril a 10 de maio. A live de lançamento acontece na próxima terça-feira, 20, às 16h (horário de Brasília), no canal do YouTube e página do Facebook, pelo perfil do Instituto Peabiru.

Após as três semanas de desafios intensos na maratona, todos que fizerem as missões, cumprirem as regras do jogo e alcançarem a pontuação necessária, receberão o reconhecimento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Em Manaus, cerca de 50 adolescentes dos bairros prioritários do projeto – Mauazinho e Praça 14 de Janeiro, situados na Zona Sul – estão engajados na construção e implementação da Estratégia Te Sai Covid. Em Gurupá, pelo menos 60 adolescentes da zona urbana da cidade e de comunidades quilombolas do município estão envolvidos com o projeto. E em Belém, mais de 65 jovens dos bairros prioritários que recebem o projeto – Terra Firme e Telégrafo – participam da ação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui