Alunos do Bolsa Universidade recepcionarão turistas no FIFA Fan Fest, em Manaus

Palco do Fan Fest, no Complexo da Ponta Negra/Foto: Altemar Alcântara
Palco do Fan Fest, no Complexo da Ponta Negra/Foto: Altemar Alcântara
Palco do Fan Fest, no Complexo da Ponta Negra/Foto: Altemar Alcântara

Como contrapartida ao benefício recebido, 30 alunos do curso e turismo, inseridos no Programa Bolsa Universidade, da Prefeitura de Manaus, estarão a partir de hoje, quinta-feira (12), atendendo turistas, público local e imprensa, no FIFA Fan Fest™, no Complexo Turístico Ponta Negra.

O FIFA Fan Fest™, cuja abertura acontece hoje, funcionará até 13 de julho, período de realização da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. O espaço será um ponto de encontro dos torcedores para assistir ao campeonato mundial. São 36 mil m², com três telões espalhados pelo perímetro, por onde serão transmitidas todas as 64 partidas da Copa. O telão principal tem 56 m².

A estimativa de público para o local é de 35 mil pessoas, limite máximo de participantes dentro do perímetro estipulado pela organização do evento. Os portões do local fecham-se quando a lotação máxima for atingida, conforme explica a diretora de Comunicação da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Jacira Oliveira.

A diretora geral da ESPI, Luiza Bessa Rebelo, informa que alunos do Bolsa Universidade estão também atuando, desde a última terça-feira (10), no Centro Aberto de Mídias (CAM) de Manaus, complexo preparado para receber os jornalistas de cobertura da Copa do Mundo.

Localizado no Centro Cultural Povos da Amazônia, no Distrito Industrial, Zona Sul, o CAM é o local de base dos profissionais da mídia nacional e internacional, que trabalharão na capital amazonense, durante o período da Copa do Mundo, especialmente os não credenciados.

No local, 15 alunos já estão atuando em três turnos, sendo quatro pela manhã, oito no período da tarde e três no horário da noite. Selecionados nos cursos de Letras, Jornalismo e Turismo, os bolsistas possuem conhecimento em inglês e espanhol.

O trabalho na Copa, explica Luiza Rebelo, é uma das opções oferecidas como contrapartida da bolsa concedida. “Uma das exigências do programa é exatamente essa contrapartida, dando ao aluno a opção de atuar em diversas ações realizadas pela Prefeitura de Manaus. Nessa participação, por exemplo, eles estarão vivenciando uma experiência importante dentro de suas áreas de atuação. Por isso, a seleção dos alunos em cursos relacionados com o segmento turístico e de comunicação”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui