Amazonense quebra a barreira dos 30 km e faz história no ‘Challenge’

Jefferson Mascarenhas, o herói das águas/Foto: Emanuel Siqueira
Jefferson Mascarenhas, o herói das águas/Foto: Emanuel Siqueira
Jefferson Mascarenhas, o herói das águas/Foto: Emanuel Siqueira

O nadador Jefferson Mascarenhas, de 48 anos, fez história no esporte brasileiro ao se transformar no primeiro amazonense a completar uma prova de 30 quilômetros, em águas abertas. A façanha foi obtida ontem, sábado (02), durante o Rio Negro Challenge Amazônia 30K.
Antes da largada na praia do Açutuba, em Iranduba, a lenda viva avisou que o único objetivo era superar os 30 quilômetros. “A meta é chegar à Ponta Negra e entrar na história da natação amazonense”, avisou. Usando da sua experiência de quase 40 anos de natação, ele variou os estilos de nado e completou a prova após 7 horas, 35 minutos e 13 segundos.

O atleta da Aquática Amazonas foi o último a completar o Rio Negro Challenge, em 11º lugar, porém, protagonizou a mais emocionante chegada entre todos os competidores. Foi ovacionado, recebeu o carinho dos amigos, chorou, vibrou. E saiu direto para o atendimento médico. Ficou de pé, como bom guerreiro caboclo, e falou sobre o resultado.

“Senti muitas dores ao longo do percurso, foi muito cansativo. Mas o que motivou a continuar nadando e terminar a prova foi a torcida e os amigos que vieram aqui me prestigiar, me incentivar, e isso é muito gratificante. Fiz história de novo”, disse o único da atleta do Amazonas no desafio que já nasceu como a maior maratona aquática do Brasil.

Com o feito inédito, Jefferson escreveu mais um capítulo de sua brilhante história na natação. Em 1979, ele venceu a Travessia Almirante Tamandaré. Na época, tinha apenas 13 anos. Até hoje, Jefferson é o mais jovem atleta campeão da mais tradicional maratona aquática do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui