Cerimonial da CMM é referência para o curso de Secretariado Executivo da UFRR

Alunos em cerimonial de Boa Vista/Foto: Aguilar Abecassis – Dircom/CMM

O cerimonial da Câmara Municipal de Manaus (CMM) foi incluído como referência de estudo no programa de extensão do curso de bacharelado em Secretariado Executivo da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Uma caravana com 32 acadêmicos do curso veio a Manaus participar de aula prática no legislativo municipal, ontem quinta-feira (23/05).

Segundo a diretora do Cerimonial da CMM, Yeda Frota, os alunos da UFRR escolheram a capital Amazonense para colocar em prática o projeto de extensão da Universidade. Ela ressaltou que a ação recebeu o tema – “Secretariado Executivo em Campo: Bastidores da gestão documental, práticas cerimoniais e responsabilidade socioambiental em espaços públicos e culturais em Manaus”.

Yeda Frota ressalta ainda que o curso de secretariado executivo é um coringa dentro das empresas e destacou que os profissionais que atuam nesta área devem estar preparados para resolver desde questões simples, como a realização de envios de documentos, recepção dos homenageados e convidados, até a complexa organização de equipes para um grande evento. “Hoje, eles sentiram de perto como é organizar um evento, e observaram e acompanharam todo o processo por detrás dos bastidores”, explica.

Alunos em cerimonial de Boa Vista/Foto: Aguilar Abecassis – Dircom/CMM

Segundo a professora Fabiana Vitalino, os 32 alunos vieram acompanhados por ela e mais duas professoras do curso de Bacharelado em Secretariado Executivo da UFRR. Ela contou que além dos acadêmicos atuarem juntamente com a equipe do cerimonial da Câmara Municipal durante uma solenidade de propositura do vereador professor Samuel (PHS), eles também participaram de uma palestra na sala de cinema Silvino Santos, onde receberam um certificado de 2 horas complementares. “A Câmara de Manaus oportunizou esse momento para observarmos como funciona na prática o cerimonial legislativo. Agradeço a recepção em nome todos os alunos da Universidade Federal de Roraima”, declara.

A acadêmica, Vanessa Sobral, 26, entusiasmada contou que apesar da viagem ter sido longa e cansativa, as atividades que eles realizaram na CMM serão lembradas para o resto da vida. Ela disse que os alunos irão participar de mais duas atividades antes de retornarem para o seu estado, uma no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e a outra no Museu da Amazônia (MUSA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui