Cientistas nordestinos criaram ‘fogão de energia solar’ para se livrar do botijão de gás

O fogão é movido a energia solar - foto: recorte

Cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), criaram um fogão movido a energia solar e podem ter resolvido uma das queixas mais comuns dos brasileiros, que é o preço altíssimo do botijão do gás de cozinha.

Feito com sucata, espelhos e materiais de baixo custo, o aparelho tem custo de fabricação muito baixo, de apenas R$ 150 – menos do que o botijão de gás, que sai entre R$ 103 e R$ 140, de acordo com a região.

E quem questiona sobre a potência do equipamento, também vai se surpreender. O fogão sustentável conseguiu assar nove bolos ao mesmo tempo! Que incrível!

O fogão tem potência para assar 9 bolos – Foto: BBC

Pratos já testados no fogão

Para criar o fogão movido a energia solar, o professor usou um princípio simples da engenharia.

O aparelho transforma a radiação solar em calor, gerando um efeito estufa. Isso permite aquecer os alimentos até o ponto de cozimento necessário.

Além dos bolos, os cientistas também usaram o fogão para o preparo de lasanha, pizza e até empanados.

Todos os alimentos ficaram no mesmo grau de qualidade que aqueles feitos em fogões convencionais.

Sustentável e eficiente

O professor Luiz Guilherme Meira de Souza, responsável pelo laboratório de engenharia da UFRN, lembra que a energia solar é social, abundante e renovável.

E são justamente essas características que permitem que ela esteja acessível para todos, em qualquer lugar.

Com informações de Engenharia Hoje

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui