CIF encerra festa clandestina e fecha 10 estabelecimentos em Manaus

Foto: Herick Pereira/Secom

Ao todo, 29 locais foram vistoriados entre a tarde de sábado (03/04) e a madrugada de domingo (04/04)

A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), realizou fiscalizações que resultaram no fechamento de 10 estabelecimentos comerciais por descumprimento do decreto governamental de combate à Covid-19. As ações ocorreram em diversas zonas de Manaus, das 13h do sábado (03/04) até a zero hora de domingo (04/04). Duas equipes foram destacadas para as atividades, divididas pelo turno da tarde e da noite.

Foto: Herick Pereira/Secom

Pelo turno diurno, as equipes da CIF vistoriaram 13 locais, dentre os quais 12 bares, localizados nas zonas centro-sul, que foram orientados quanto às medidas previstas no decreto, como o distanciamento de mesas e o uso de máscaras e álcool em gel. O delegado Jony Leão, titular do 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), foi o comandante do turno, e destacou que as medidas previstas pelo decreto estavam sendo respeitadas nos locais visitados.

“Hoje (nesta CIF) observamos que os empresários estão muito mais comedidos, estão respeitando o decreto, porque eles necessitam ter seus negócios abertos, necessitam ter um movimento, e eles não querem ser autuados pela fiscalização”, comentou o delegado.

Foto: Herick Pereira/Secom

No entanto, no turno noturno, as ações foram para além de orientações. As forças integradas vistoriaram 16 estabelecimentos comerciais nas zonas leste, norte e sul de Manaus. Destes, 10 locais foram orientados a finalizarem suas atividades, sendo um deles um bar, que foi autuado por promover uma festa clandestina. E uma outra festa foi encerrada por denúncias de aglomeração feitas pela vizinhança.

O delegado Ricardo Cunha, titular do 18º DIP, esteve à frente das ações do turno e ressaltou o caráter das fiscalizações.

“O objetivo da nossa visita hoje nesses locais é exatamente isso, ver se estão aglomerando, ver se estão descumprindo o decreto, ver se as pessoas estão de máscara, mantendo o distanciamento social”, disse o delegado.

Foto: Herick Pereira/Secom

Ação conjunta – A CIF, coordenada pela SSP-AM, conta com apoio das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) e do Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM).

Denúncias – Delações referentes a estabelecimentos comerciais ou festas clandestinas, que descumprem decreto governamental ou possuam outras irregularidades podem ser feitas ao 190 ou ao 181, o disque-denúncia da SSP-AM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui