Cinco toneladas de entorpecentes são incineradas pela SSP-AM

Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM e Roberto Carlos/SECOM

Cinco toneladas de entorpecentes apreendidos em todo o estado, sendo 1 tonelada de cocaína e 4 toneladas de maconha tipo Skunk, foram incineradas, nesta sexta-feira (8/2), pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). A última incineração em grande escala realizada pelos órgãos de segurança havia sido feita em dezembro de 2017.

A droga apreendida foi transportada até o local da incineração, no Distrito Industrial, zona leste, escoltada por policiais Civis dos Grupos Fera e de Operações Especiais e policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), em viaturas terrestres. Todo o trajeto foi acompanhado por helicóptero do Departamento de Operações Aéreas (DIOA). O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, acompanhado do Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, e o Delegado Geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, acompanhou a ação.

Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM e Roberto Carlos/SECOM

Conforme dados da SSP-AM, 9,2 toneladas de drogas foram apreendidas no estado no ano passado. Em 2019, o volume de apreensões já chegou a 1,1 tonelada, em janeiro. O secretário Louismar Bonates destacou o reforço nas operações de segurança, especialmente contra o crime organizado no combate ao tráfico de entorpecentes.

“Hoje estamos em mais uma etapa para desbaratar o crime organizado e devolver a segurança à sociedade. Já iniciamos o processo licitatório para que, em breve, toda a droga apreendida no ano passado e este ano sejam incineradas. Essas apreensões são um golpe forte nas finanças do crime organizado”, destacou Bonates.

O titular da SSP informou que a maior parte das apreensões de entorpecentes é feita nos rios da região e ressaltou que o Sistema de Segurança Pública continuará atuando de forma enérgica e com “tolerância zero” no combate à criminalidade em todo o estado e, por isso, as ações integradas continuarão.

Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM e Roberto Carlos/SECOM

Operações – Em pouco mais de 30 dias da nova gestão, três operações foram deflagradas, em Manaus, com o intuito de cumprir mandados de prisão, busca e apreensão ligados a diversos crimes, principalmente tráfico de drogas. As operações Laborum Meta e Pilar I e II totalizaram 49 prisões e dois menores apreendidos em bairros da zona oeste e norte.

O Delegado Geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, ressaltou que as operações e apreensões contam com a importante atuação do sistema de inteligência. “Esse é um trabalho profundo da Polícia Civil e Polícia Militar, através da Secretaria de Inteligência, resultando nas apreensões que temos visto. Mas a população também pode participar desse trabalho, ligando para o 181 e nos repassando informações importantes para as nossas investigações”.

O Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, destacou o fortalecimento do estado com o trabalho que vem sendo realizado. “Seguimos sufocando o crime organizado. Temos ações de investigação fortíssimas, que têm nos possibilitado esses resultados positivos que estamos apresentando”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui