Classe artística do Amazonas recebem cestas básicas

Foto: Djalma Júnior/Secom

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, entregou 200 cestas básicas para associações e indivíduos da classe artística do Amazonas, na manhã desta quarta-feira (24/02), no Centro Cultural Palácio Rio Negro, no Centro de Manaus. A ação contou com o apoio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) que tem auxiliado pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

As cestas básicas, cada qual pesando 13 quilos, foram entregues para artistas que solicitaram o benefício da Secretaria de Cultura, de forma individual, pelos canais de atendimento da pasta, e por meio de entidades representativas como a Associação dos Artistas Circenses do Amazonas (Aaca). O secretário de Cultura e Economia Criativa, Marco Apolo Muniz, ressaltou que o objetivo das ações é mitigar os danos causados à classe pela doença.

No sábado (20/02), a Sejusc realizou a doação de 150 cestas destinadas para as ações. A pasta também tem recebido doações de diversas entidades e distribuído para pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, enfatizou que o ato é de suma importância, tendo em vista que a classe artística é uma das mais afetadas pela pandemia.

“Nós saímos em busca de parceiros, e a Sejusc conseguiu uma doação para entregar à esses artistas de circo, aos artistas de rua, as pessoas que trabalham com eventos e que neste momento estão sacrificadas por conta da pandemia. Afinal de contas, já tem quase um ano que nós não temos evento em Manaus”, assinalou.

Foto: Djalma Júnior/Secom

Jobanias Ferreira, conhecido como Palhaço Picolé, e o malabarista Alain Vasquez foram dois dos beneficiados pela ação. “A cesta chegou em um hora muito boa”, comemorou o malabarista. “Como não pode ter festas, a gente está parado, e essa veio em um bom momento”, afirmou Picolé.

Segundo o presidente da Associação de Artistas Circenses, Raimundo Nonato, cerca de 10 famílias serão beneficiadas pela entrega de hoje.

Total – Ao todo, já foram entregues 920 cestas aos trabalhadores da cultura desde o início do ano. Parte das doações foi realizada por empresas como Bemol, Todeschini Manaus, Grupo Simões e também pela Grande Loja Maçônica do Amazonas (Glomam).

Atendimento – Para receber as doações, os artistas podem entrar em contato diretamente com a secretaria, por meio dos telefones (92) 3232-5555 e 99177-6442 (WhatsApp), do e-mail [email protected] e pelas redes sociais da secretaria (@culturadoam).

Além disso, outros serviços são oferecidos, como encaminhamento para profissionais como assistentes sociais e psicólogos, além de orientações sobre as medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui