Dos 04 Aziz presos só um fica por pensão alimentícia

Murad Abdel Aziz - Foto: Márcio Silva

Os irmãos Amin e Manssur Aziz foram soltos após o prazo da prisão temporária, que cumpriam desde a última sexta-feira (19/7), ter expirado na meia-noite de terça-feira. Eles deixaram o Centro de Detenção Provisória (CDP) imediatamente após o encerramento legal da prisão, menos Murad, que continua detido por ter pensão alimentícia em atraso.

Os irmãos Murad, Amin e Manssur cumpriram prisão temporária e foram liberados após cinco dias, conforme prevê o Art. 2º da Lei 7.960/89. Os Aziz foram detidos na operação da Polícia Federal intitulada Vértex, realizada na última sexta-feira.

A operação visa combater a corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa. Os agentes da PF cumpriram nove mandados de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas (aproximadamente 92,5 milhões de reais), sete mandados de sequestro de bens móveis e imóveis, expedidos pela Justiça Federal, que, após parecer do Ministério Público Federal (MPF), deferiu representação do delegado de Polícia Federal que preside a investigação.

Fonte: Amazonas 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui