‘Foi só para ele relaxar’, diz suspeito que esfaqueou marido da amante

Suspeito foi levado para a delegacia onde prestou depoimento (Foto: Marcelo Marques/G1 RR)

Um pedreiro de 57 anos foi preso ontem (2) por suspeita de tentar matar o esposo de uma mulher, com quem tinha relacionamento. Ele admitiu aos policiais militares ter ‘furado’ com uma faca a vítima, que foi levada para o Hospital Geral de Roraima.

O pedreiro disse manter um caso amoroso com a mulher, de 32 anos, casada com a vítima, de 33. Os três estavam bebendo na casa da vítima, no bairro Raiar do Sol, zona Oeste de Boa Vista, quando deram início a uma confusão.

Segundo o suspeito, o marido sabia do relacionamento extraconjugal, entretanto já não estava mais aceitando o caso e decidiu matá-lo.

Suspeito foi levado para a delegacia onde prestou depoimento (Foto: Marcelo Marques/G1 RR)

“Bebíamos cachaça. Ele [vítima] falou que ia me matar porque sabia que estava ficando com a mulher dele e se armou com um facão. Antes de vir para cima de mim, eu o furei só para ele ‘relaxar’ um pouco e ficar quieto”, assume com visíveis sinais de embriaguez.

Conforme ele, a mulher com quem mantém relação acionou a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que socorreu a vítima e encaminhou para o Hospital Geral de Roraima.

Ele revelou ainda que a briga teve início quando o marido revelou ter encontrado, dias atrás, um par de sandálias da esposa embaixo da cama do suspeito.

“Ele viu isso debaixo da minha cama. Embora soubesse antes do meu caso com ela, ele resolveu me ‘jantar’, mas eu ‘almocei’ ele antes”, conta.

Conforme um policial militar, a vítima teve uma perfuração acima da costela esquerda. “Ele estava consciente quando foi socorrido. Agora não sabemos como ficará”, declara.

O pedreiro foi levado à Central de Flagrantes, no 5° Distrito Policial, onde prestará esclarecimento. Até a publicação desta matéria, ele não havia sido ouvido.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui