Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Cultura debate Lei Aldir Blanc

Foto: Michael Dantas

Nesta terça-feira (09/06), o Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura se reuniu, por meio de videoconferência, para um dia de programação intensa. Durante a manhã, secretários de Estado de Cultura de todo o país debateram sobre o papel do Fórum Nacional na aplicação da chamada Lei Aldir Blanc, Projeto de Lei (PL) nº 1.075/2020, que espera por sanção presidencial e visa transferir para estados e municípios R$ 3 bilhões destinados a trabalhadores da cultura, artistas e pequenas empresas do setor.

Foram abordadas questões como Adaptações nas Legislações Estaduais, Cadastros e Mapas Culturais, Fluxo com Municípios e Modelo participativo.

O secretário de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, Marcos Apolo Muniz, destacou a importância da equipe da secretaria participar dos diálogos que vão nortear o recebimento e manutenção do recurso.

Após as discussões, os estados foram divididos em Grupos de Trabalho (GTs): Fundos, Cadastros e Mapas Culturais, Municípios, Auxílio para Espaços Culturais e Auxílio Emergencial Fazedores. Colaboradores dos setores de Planejamento, Eventos e Jurídico da secretaria participaram dos grupos.

Foto: Michael Dantas

Resultados e deliberações – No período da tarde, aconteceu a plenária final, com a apresentação e discussão dos resultados dos GTs; além das estratégias de envolvimento do Ministério do Turismo, Ministério Público e Tribunal de Contas da União (TCU) na regulamentação.

Todo esse alinhamento resultou em um documento que será apresentado na próxima segunda-feira (15/06), para a Confederação Nacional de Municípios, com proposituras de dinâmica e manutenção do recurso da Lei.

Esta edição do encontro anual do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura estava marcado para acontecer no Espírito Santo, mas precisou ser reprogramado por conta da pandemia do novo coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui