Fred se despede do futebol em duelo Fluminense x Ceará

Foto: Divulgação/Roberto Filho/Fotoarena/VEJA

O Fluminense tem a chance de entrar no G4 do Brasileirão neste sábado, quando recebe o Ceará, às 19 horas, pela 16ª rodada, em partida que deve ser acompanhada por mais de 55 mil torcedores no Maracanã. O motivo para um público tão grande, contudo, não é a possibilidade de ver o time se colocar entre os quatro primeiros, mas o privilégio de testemunhar a despedida do atacante Fred dos gramados.

Aos 38 anos e com um problema na vista, um dos maiores ídolo da história do Fluminense vai fazer sua última partida como jogador profissional. Bicampeão brasileiro, Fred tem mais de 370 partidas e 199 gols marcados com a camisa tricolor. Na semana passada, a emoção já tomou conta do Maracanã quando Fred saiu do banco de reservas e marcou o quarto gol do Fluminense na goleada sobre o Corinthians, por 4 a 0. A torcida espera que a cena se repita para que o ídolo tricolor tenha a despedida que merece.

Em meio ao clima de festa, o Fluminense busca a quarta vitória seguida para entrar no G4. O time de Fernando Diniz é o sexto colocado, com 24 pontos. Do outro lado está um adversário que luta contra o rebaixamento. Na 15ª colocação, com 18 pontos, o Ceará não perde há 11 jogos no Brasileirão, mas vem de cinco empates seguidos.

A principal missão de Fernando Diniz é não deixar o clima festivo interferir na preparação do Fluminense. “A festividade do Fred (não influencia) em nada. A gente tenta separar. Nem quando acabar o jogo a gente pode fazer festa, porque depois tem o jogo contra o Cruzeiro (na terça-feira, pela Copa do Brasil). Ele merece a festa, e a gente tem uma tarefa difícil, que é separar isso do jogo. A gente está muito focado” afirmou Diniz.

Um exemplo de que o treinador está focado na partida é que Fred vai começar no banco de reservas, entrando durante o segundo tempo. Sem maiores problemas por contusão ou suspensão, Fernando Diniz vai repetir a escalação que iniciou contra o Corinthians na rodada passada.

Empolgado pela classificação às quartas de final da Copa Sul-Americana no meio de semana, diante do The Strongest-BOL, o Ceará vai ter força quase máxima para estragar a festa de Fred e do Fluminense. A escalação titular, porém, será definida pelo técnico Marquinhos Santos apenas momentos antes da bola rolar no Maracanã.

De volta após cumprir isolamento por causa da Covid-19, o lateral-esquerdo Bruno Pacheco reforça o Ceará. Por outro lado, o volante Richardson cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, enquanto o atacante Erick segue em tratamento no departamento médico.

Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui