Globo começa a cotar nomes para substituir Galvão Bueno

Galvão Bueno - Foto: Divulgação

A copa do Mundo da Rússia está chegando ao fim e as transmissões dos principais jogos com Galvão Bueno, 67, também. Por mais que ainda existam grandes chances do narrador estar à frente das transmissões na Copa de 2022, no Qatar, a ideia da Globo é pensar em um nome para assegurar a renovação da cara do esporte na emissora. Porém, a rede não pretende criar um substituto com o status adquirido pelo mais famoso e bem pago narrador esportivo do país.

Um dos nomes mais cogitados para suceder Galvão é o narrador do SportTv, Gustavo Villani, 37. Durante esta Copa, ele narrou os jogos exibidos pela emissora em salas de cinema de todo o país. Villani está entre os nomes mais elogiados por profissionais do meio esportivo e tem tudo para ocupar o lugar de Bueno.

Outro fator que pode levar à escolha de Gustavo é a tentativa de rejuvenescer a cara do esporte na emissora. Apesar de estarem sempre presentes nas transmissões dos jogos, Cléber Machado, 56, e Luís Roberto, 57, permanecem entre os nomes mais requisitados, mas não para ocupar a vaga de Galvão.

Galvão Bueno – Foto: Divulgação

Pelo o que tudo indica, Galvão Bueno não pretende parar agora e se depender dele, estará narrando os jogos na próxima Copa. “Se você me perguntar se eu estarei na Copa do Qatar, repito o que dizia o Chacrinha: ‘Quero morrer no palco, quero morrer trabalhando’. Não penso em parar. Espero estar bem, com saúde, parar estar na Copa do Qatar. Fazendo o quê? Ainda não sei dizer”.

Galvão Bueno sempre foi muito criticado pela forma que costuma falar do desempenho dos jogadores, como foi o caso de Neymar, o que provocou a ira dos amigos do craque da seleção brasileira. Em uma entrevista a uma rádio italiana, o narrador disse que Neymar precisava dar explicações sobre o baixo rendimento no mundial da Rússia.

Ainda não há nada certo sobre quem vai ocupar o lugar do narrador. Sobre a cotação de Villani, a assessoria da Globo apenas afirmou que “ele pode atuar em todas as plataformas de esporte no Grupo Globo”.

Fonte: Dol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui