Governo do AM e Prefeitura monitoram passageiros no Aeroporto de Manaus

O Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus iniciam, nos próximos dias, o monitoramento de passageiros que desembarcarem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Uma equipe composta por 11 técnicos de enfermagem, quatro farmacêuticos e quatro enfermeiros; disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), será dividida em turnos de 12 horas, para monitoramento e triagem de passageiros que chegam a Manaus.

A atividade prevê testagem de passageiros a partir de coletas de amostras do tipo RT-PCR, que detectam o novo coronavírus. O esquema de revezamento garante equipes presentes no aeroporto durante 24 horas.

Foto: Bruno Zanardo/Secom

A estratégia foi alinhada na tarde desta quinta-feira (27/05), em reunião com a presença da diretora-técnica da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Tatyana Amorim; e da titular da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), Shádia Fraxe; em consonância com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Nesta sexta-feira (28/05) será realizado um treinamento com os técnicos de enfermagem, enfermeiros e farmacêuticos que vão atuar no aeroporto. Profissionais do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) ficarão responsáveis pela capacitação relacionada à coleta das amostras; enquanto técnicos da Semsa treinarão as equipes para a abordagem e notificação de casos positivos.

Testagens – De acordo com dados informados pela Infraero, cerca de 1.600 passageiros desembarcam por dia no aeroporto. A meta inicial é de testar pelo menos 10% desse público, diariamente. As ações de conscientização dos passageiros devem iniciar ainda a bordo das aeronaves, sendo intensificada por meio do sistema de som do aeroporto.

Foto: Bruno Zanardo/Secom

Quando desembarcarem, as pessoas serão conduzidas para o saguão principal, registradas ainda na parte interna, e a coleta será feita no portão 2C, já na área externa, no térreo do aeroporto. Os resultados dos testes devem ser conhecidos em até 48 horas após a realização. Os casos suspeitos e positivos deverão ser isolados em hotéis, para quarentena e/ou tratamento.

Vacinação – A vacinação dos aeroportuários contra a Covid-19 inicia nesta sexta-feira (28/05), pelos profissionais do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, conforme definição de grupos prioritários orientados pelo Ministério da Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui