Governo Federal suspende vacinação em Manaus

Foto: Reprodução

Devido à baixa produção de vacinas contra a covid-19, o governo federal, por meio do Ministério da Saúde, recomendou à Prefeitura de Manaus a suspensão da aplicação da primeira dose do imunizante. A medida é temporária e passa a valer a partir de hoje (28).

A suspensão inclui, ainda, os usuários que já haviam sido agendados por meio do “Imuniza Manaus”. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou que seguirá aplicando a segunda dose normalmente nos postos de vacinação.

Desde o início da campanha, no dia 29 de janeiro deste ano, a Semsa já havia vacinado 104,5% dos trabalhadores de saúde; 96,4% dos idosos com 80 anos e mais; 92,4% dos idosos de 75 a 79 anos; 93,7% dos idosos de 70 a 74 anos; 93,0% dos idosos de 65 a 69 anos; e 89,2% dos idosos de 60 a 64 anos. Ao todo, entre primeira e segunda doses, foram aplicadas 444.503 das duas vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde: CoronaVac/Butantan e AstraZeneca/Oxford.

Nesta terça-feira (27), a Justiça Federal no Amazonas determinou que 3.425 doses de vacina contra a covid-19 sejam aplicadas imediatamente. A decisão leva em conta o prazo de validade das doses que encerram na sexta-feira (30).

Até o momento, Manaus já registrou mais de 168 mil infectados pelo coronavírus. O número de óbitos causados pela covid-19 na capital amazonense é de 8.741.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui