Identificada mulher que participou da morte do motorista de App no Mutirão

Foto: Divulgação

Manaus – A Polícia Civil, prendeu na tarde de sexta-feira (01), e em menos de 24h, uma mulher identificada como Wendel Assunção Lisboa, de 27 anos. A jovem é acusada de ter participado da morte do motorista de aplicativo, Jairo Rodrigues Lavareda Couser de 46 anos.

A acusada seria amante do motorista de aplicativo e teria levado o homem para uma emboscada. Chegando na rua Ibiquara, no Conjunto Mutirão, bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus, dois homens estariam aguardando a vítima para cometer o crime de assalto, como o motorista reagiu, o mesmo acabou sendo assassinado com 14 facadas e um tiro de arma caseira na cabeça.

Wendel disse para seu advogado que estava na Delegacia de Homicídios e Sequestros, (DEHS), que não armou nada para matar o motorista, pois o mesmo a bancava, disse o advogado. A polícia procura os outros envolvidos na morte do motorista que seguem foragidos.

Texto: Correio da Amazônia

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui