MA: Cerca de 130 pessoas são presas em ‘festa de confraternização’ de criminosos

Criminosos presos em festa de confraternização/Foto: Reprodução

Criminosos presos em festa de confraternização/Foto: Reprodução
Criminosos presos em festa de confraternização/Foto: Reprodução

Pelo menos 130 pessoas foram presas na noite de ontem, quinta-feira, em São Luís, durante um evento que, segundo a polícia, era uma “festa de confraternização” de uma facção criminosa – o “Bonde dos 40” –, que atua dentro e fora dos presídios do Maranhão. Do total de detidos, cerca de 50 foram autuados, entre homens e mulheres. Outros 20 adultos foram liberados. Outros 60 eram menores de 18 anos.

Segundo o major Ilmar Gomes, comandante do 1º Batalhão da PM, que coordenou a operação, a festa foi descoberta depois que a Polícia Militar foi chamada por moradores da Vila Lobão, que reclamaram do barulho e relataram ter ouvido tiros.

Nenhuma arma de fogo foi encontrada, mas a polícia apreendeu com os acusados armas brancas, drogas, celulares e carros. A polícia vai apurar se o carro e os celulares são roubados.

A festa seria “restrita” a membros ou simpatizantes do chamado “Bonde”, e foi marcada pelo WhatsApp e pelo Facebook. Todos os presos foram levados em ônibus da PM para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic). Os jovens infratores serão encaminhados para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), no bairro Madre Deus, após uma triagem feita pela Seic. Somente serão liberados os que forem reclamados pela família. Os presos foram encaminhados para o Complexo de Pedrinhas.

No ano passado, cerca de 40 pessoas foram presas durante festa semelhante realizada por um traficante no bairro do Araçagi, em São José de Ribamar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui