Na reta final da campanha, Hissa disse acreditar no apoio popular

Foto: Divulgação

“Não existe eleição fácil. Não existe eleição ganha antes do resultado das urnas. Confio no apoio popular!”. Com esse sentimento de fé e esperança o deputado federal Hissa Abrahão (PDT), candidato a uma das duas vagas ao Senado pelo Amazonas, chega à reta final da campanha, tendo a certeza de que cumpriu a missão de levar suas propostas e perspectivas de uma vida melhor para a população.

Pela primeira vez disputando uma vaga ao Senado pelo Amazonas, o deputado federal afirmou que o eleitorado brasileiro dá claro sinais de que prefere a renovação na política. “Quando o povo clama por uma política nova, a vitória é certa para quem apresenta novas ideias. Seguimos nossa campanha, mostrando que essa nova realidade é possível com a força do voto”, disse.

Sem amarras a caciques políticos e nem apoio da máquina pública, o candidato que, também, é professor universitário, defende a conscientização dos eleitores no momento de escolher seus representantes no Legislativo e Executivo. “O cidadão dá ao candidato eleito uma carta de representação incondicional por quatro anos. Veja quem merece sua confiança, saiba quem já foi investigado em operações como a Lava Jato”, apontou, o deputado, que ressalta ser Ficha Limpa.

Foto: Divulgação

Hissa Abrahão afirmou que pesquisas de seu partido, o PDT, apontam o nome dele em empate técnico pela segunda vaga ao Senado. Sobre as pesquisas externas, em que seu nome chega a oscilar de 3° a 5° colocação, o deputado federal fez um alerta.

Riscos

“As pesquisas são importantes para fazer um balanceamento de votos, mas é muito perigoso usá-las como veredito final em uma eleição tão complexa quanto essa, quando quase metade da população ainda não sabe em quem votar. Então eu sigo e confiante e esperançoso “, completou Abrahão.

Em uma campanha singela, transparente e sem ilegalidades, o deputado defendeu sua equipe de campanha. “Meu exército é silencioso, não fazemos barulho para assustar os velhos caciques, que não querem desgrudar do poder. Muito pelo contrário, o barulho que vamos fazer, vai ser após a apuração dos votos”.

Ao final do dia da eleição, neste domingo, 7, Hissa confia que o Amazonas vai ouvir o som da renovação, da força do apoio popular. “Não existe jogo político capaz de deter quem o povo amazonense quer por livre e espontânea vontade, que é votar na renovação”, finalizou o candidato, agradecendo o empenho de todos que o ajudaram durante a campanha eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui