O campo comemora o Dia do Trabalhador Rural

Foto: divulgação/Fetagri

O Dia do Trabalhador Rural tem um novo significado diante da atual crise sanitária e de saúde com a pandemia do coronavirus.

Desde março, quando foi decretada a pandemia por Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a FETAGRI AM vem pautando o governo estadual para que sejam anunciadas medidas que visem diminuir os prejuízos para os trabalhadores e trabalhadoras rurais.

“Algumas foram anunciadas, mas algumas ainda não está sendo operacionalizada, como crédito emergencial para Agricultura Familiar, aquisição de produtos da Agricultura Familiar no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Neste dia, aproveitamos para cobrar dos gestores municipais, estaduais e federais atenção à situação dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, que exercem papel fundamental no Estado do Amazonas que é a produção de alimentos”, destaca a presidente da FETAGRI AM, Edjane Rodrigues.

Nesse momento de pandemia, a produção de alimentos é um dos serviços essenciais para Estado do Amazonas e do País.

A FETAGRI AM, também vê com preocupação a falta de estrutura hospitalar no meio rural para atender as populações do campo, da floresta e das águas. “O novo coronavírus já chegou ao interior do nosso Estado e já ultrapassou a capital. Os nossos trabalhadores e trabalhadoras rurais precisarão vir para Manaus para conseguir um leito em UTI, pois os hospitais do interior não tem UTI nem estrutura especializada. Nesse ano, a atenção à saúde dos povos do campo, da floresta e das águas, com certeza, é uma das principais necessidades para essas pessoas”, aponta Edjane.

A mensagem da FETAGRI, para os trabalhadores do campo pelo seu dia, é fortalecer, ainda mais, a luta por mais direitos, por dignidade e por mais condições para viver bem e trabalhar no campo com renda, produzindo alimentos saudáveis para alimentar todo o Estado do Amazonas.

Altemir Viana

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui