O peixe nosso de cada dia está dificil de ser comprado nas feiras de Manaus

Peixe Tambaqui só pra olhar de longe/Foto: Divulgação
Peixe Tambaqui só pra olhar de longe/Foto: Divulgação
Peixe Tambaqui só pra olhar de longe/Foto: Divulgação
A Matrixã teve o preço elevadíssimo/
A Matrinxã teve o preço elevadíssimo/Foto: Divulgação

Muitas famílias manauaras, ainda resguardam a ‘velha’ tradição da semana Santa. Ninguém come carne, principalmente, na Sexta-feira da Paixão, mas poucos são aqueles que, realmente, conseguem comprar o seu peixe, em virtude do alto custo, o que leva o consumidor a ficar apenas com a ‘água na boca’.

Observem, por exemplo: nosso reporter foi a feira da Manaus Moderna, talvez a mais completa e tradcional da cidade, e lá conferiu a triste realidade. Um tambaqui que, normalmente, custa R$-170,00 está sendo vendido por até R$-250,00; a Matrixã de R$-20,00 está custando R$-40,00, já uma cambada de Pacú, com seis unidades está senco comercializada a R$-40,00, e por aí vai.

Só quem tem muito dinheiro no bolso pode comprar nas firas tradiconais de Manaus, ou então tem entrar nas longas filas do Caminhão do Peixe, da Sepror.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui