“Ônibus de Iranduba só até a Ponte Rio Negro é humilhação”, dizem moradores

Moradores reivindicam ônibus de Iranduba direto para o centro de Manaus - foto: recorte/divulgação

Cansados de enfrentarem o sufoco dos ônibus lotados e esperar os mesmos sob sol e chuva, moradores da cidade de Iranduba resolveram reivindicar, que os transportes de passageiros do município sejam feitos direto para o centro de Manaus e não só até a Ponte Rio Negro.

Atualmente, os usuários do transporte precisam descer na cabeceira da Ponte Rio Negro e pegar outro coletivo para chegarem ao Centro e demais bairros afastados de Manaus.

Iranduba está a 35 quilômetros da capital e faz parte da Região Metropolitana de Manaus, mas enfrenta a resistência de empresários do setor dos transportes que insistem na cobrança de duas passagens, para os que se dirigem ao centro de Manaus.

Para o usuário e morador de Iranduba, Eduardo Rodrigues, “em todas as regiões metropolitanas, dos demais centros do Brasil, o coletivo deixa o passageiro no Centro, por um valor intermunicipal, mas aqui no Amazonas nada disso acontece”, lamenta.

Eduardo Rodrigues disse que a população vai pedir audiência pública na Câmara – foto: recorte/perfil

Diferente de Iranduba, existe uma linha de ônibus em Manaus, a de número 305, que viaja pela BR-174, a caminho de Presidente Figueiredo e cobra a tarifa normal de R$ 3,80” e na maioria dos casos, para comunidades mais distantes do que a cidade de Iranduba, comentou um morador da BR-174 ao Correio da Amazônia.

Humilhação 

O morador comentou ainda que os ônibus semi-urbanos de Iranduba poderiam perfeitamente ir ao centro de Manaus. “É uma humilhação para as pessoas que precisam de mais de um coletivo para chegar ao seu destino, uma vez que, é possível ter um transporte direto”, desabafou Eduardo. “Tem que gastar duas passagens para ir ao mesmo lugar, e o pior é ficar lá debaixo de sol e chuva esperando outro ônibus”, completou.

Audiência Pública

Diante da humilhação de anos de reivindicação e apelos às autoridades, moradores de várias comunidades e estudantes de Iranduba disseram que vão solicitar uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Iranduba para discutirem a melhoria do transporte da população irandubense.

Além da audiência, estão apelando para os políticos municipais e estaduais, que podem ajudar a população. “Queremos parar com o sofrimento e com o descaso, que nem deveria existir depois da inauguração da ponte”, ressaltou Eduardo Rodrigues.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui