Amazonas Cultura

Ópera Mirim lota Teatro Amazonas em última apresentação

Fotos: Divulgação/ SEC
Redação I
Escrito por Redação I

Em mais uma apresentação, o espetáculo Ópera Mirim lotou o hall do Teatro Amazonas para apresentar o teatro de marionetes com a obra “L’enfant et les Sortilèges” (O Menino e os Sortilégios), do pianista e compositor francês Maurice Ravel, na manhã deste domingo (26/5). O projeto, que faz parte da programação do 22º Festival Amazonas de Ópera (FAO), teve entrada gratuita.
O FAO é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com patrocíniomaster do Bradesco, através da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura. A abertura do FAO foi no dia 26 de abril e o evento segue com apresentações de ópera, recitais e concertos até 30 de maio.

A apresentação deste domingo (26/5) foi a última aberta ao público em geral e reuniu mais de 350 pessoas no Teatro Amazonas. Na plateia, muitos pais estavam conhecendo o espetáculo Ópera Mirim e a obra de Ravel pela primeira vez. Na ópera é contada a história de um menino que enfrenta revolta de objetos e animais por conta de sua desobediência.

O professor de história Glauber Biazo, 41, assistiu à apresentação ao lado da esposa Joana e do pequeno Vinícius, de apenas 3 anos. Ele elogiou o formato do evento. “Foi a primeira edição do FAO que vi um espetáculo desse jeito, com um teatro de marionetes. Espetacular. Desde a recepção, até o espaço nessa casa maravilhosa que é o Teatro Amazonas, a qualidade do espetáculo é incrível. Todos os envolvidos estão de parabéns, dá pra ver que se preocuparam com os mínimos detalhes”, disse.

Fotos: Divulgação/ SEC

A entregadora técnica Anires Balbi, 42, passeava pelo Centro Histórico, em direção a feira da Avenida Eduardo Ribeiro, quando soube por um dos indicadores do Teatro Amazonas que um espetáculo infantil estava prestes a acontecer no espaço. Ela assistiu com o esposo Mauro e o filho Lucas Rafael, de 3 anos.

“Fomos convidados a entrar e eu achei lindo. Gostei principalmente das partes que o personagem era mal educado e eu explicava para o Lucas os motivos pelos quais o menino estava sendo repreendido. Ele prestou atenção em tudo e eu ia explicando para ele a obra, interagiu o tempo todo. O espetáculo é lindo”, contou.

A apresentação da ópera com marionetes ficou sob responsabilidade do grupo Pequeno Teatro do Mundo. Os artistas responsáveis pela manipulação dos 14 personagens da obra são Fábio Retti e Fabiana Vasconcelos. Eles incluíram os filhos, Theo, 9, e Miguel 15, no projeto em família, que foi apresentado em hospitais, na Casa Vhida e nos municípios de Santa Isabel do Rio Negro e Benjamin Constant.

“Este foi um projeto que começou humildemente, então, hoje, poder apresentá-lo no Teatro Amazonas e também estar dentro de um festival de repercussão internacional é muito significativo para nós. Em todas as apresentações o público foi bastante receptivo, mostrando que a ópera é para todos. Ficamos emocionados ao saber que estamos formando públicos e que essas crianças poderão se interessar daqui a alguns anos em querer ver ópera ou se expressar artisticamente da forma que acharem melhor”, declarou o artista.

Fabiana ressaltou a oportunidade de conhecer públicos distintos em cada apresentação. “Nesta trajetória, nos apresentamos para crianças que estavam acamadas, na companhia de seus familiares, e também para crianças em comunidades no interior. Para nós, é um aprendizado ver como cada uma delas exerce seu grau de curiosidade em querer conhecer, querer aprender mais sobre o que fazemos. Esta é a melhor parte”, ressaltou.

Ópera Mirim – Unindo o lúdico do teatro de marionetes e o erudito da ópera, o projeto Ópera Mirim surgiu com o intuito facilitar o acesso à cultura e ao FAO para o público em geral.

Com as obras “O Menino e os Sortilégios” e “Rossini por um fio”, o projeto foi apresentado na Casa Vhida, Hospital Infantil Dr. Fajardo, Hospital e Pronto Socorro da Criança Joãozinho, no hall do Teatro Amazonas e nos municípios de Santa Isabel do Rio Negro e Benjamin Constant.

Em Manaus, o projeto ainda terá uma apresentação no dia 29 de maio para os alunos do Centro de Educação em Tempo Integral (Ceti) Zilda Arns, na comunidade Jesus Me Deu.

Marionetes de fio – O grupo Pequeno Teatro do Mundo é uma companhia de teatro de marionetes de fio, formada pelos artistas Fábio Retti e Fabiana Vasconcelos Barbosa, que resgata a tradição do teatro mambembe. Unindo sua expertise no teatro de animação à sua paixão pela ópera, encanta e diverte os espectadores, ao mesmo tempo em que promove uma experiência educativa e de iniciação artística, apresentando o universo da música erudita em uma linguagem popular.

Sobre o 22º FAO – Em 2019, o FAO celebra o centenário de nascimento de Claudio Santoro com a apresentação da ópera “Alma”, do compositor e maestro amazonense. Também estão na programação “Ernani”, de Giuseppe Verdi; “Maria Stuarda”, de Gaetano Donizetti; “Tosca”, de Giacomo Puccini; e “Mater Dolorosa”, baseada na cantata “Stabat Mater Dolorosa”, de Giovanni Pergolesi.

Os ingressos para o FAO 2019 estão à venda na bilheteria do Teatro Amazonas e pelo site Bilheteria Digital (www.bilheteriadigital.com/teatroamazonas), com valores que vão de R$ 2,50 a R$ 60.

A programação do festival abrange ainda o Recital Bradesco, com canções compostas por Claudio Santoro; o encontro “Os Teatros de Ópera e a Economia Criativa na América Latina”, voltado para apresentar dados e casos de sucesso sobre a Indústria da Ópera na América Latina; o concerto do Dia das Mães, já realizado; e Mulheres da Ópera.

Sobre o Bradesco Cultura – Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do país, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte.

São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, além do Teatro Bradesco em São Paulo. Fazem parte do calendário 2019 atrações como o musical “O Fantasma da Ópera” e o Natal do Bradesco, em Curitiba.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário