Amazonas Cidades

Pesquisa realizada em parceria com a UEA concorre ao Prêmio Saúde 2017

Foto: Rickardo Marques/G1 AM
Escrito por Redação II

Um projeto experimental com pesquisadores da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Universidade de Toronto no Canadá, concorre ao Prêmio Saúde da Editora Abril.

O estudo: “Efeito neuroprotetor in vitro do açaí (Euterpe oleracea, Mart.): potencial uso como suplementos nutricional no manejo de doenças psiquiátricas” concorre ao 11ª Prêmio SAÚDE 2017, na categoria “Trabalhos Experimentais”, uma iniciativa promovida pela revista Saúde da Editora Abril visando reconhecer pesquisas e iniciativas de sucesso no campo da nutrição.

O Projeto foi coordenado pela professora Ivana da Cruz da UFSM, em parceria com a UEA por meio do acompanhamento professor Euler Ribeiro, que investigou fatores genéticos e ambientais que influenciam a longevidade das populações ribeirinhas amazônicas.

Foto: Rickardo Marques/G1 AM

Alternativa – Os autores deste experimento foram buscar no açaí uma alternativa para ajudar a conter as manifestações de doenças psiquiátricas. Na investigação, avaliaram o efeito do fruto nos neurônios, mais especificamente seu poder de corrigir uma disfunção nas células associada ao transtorno bipolar e à esquizofrenia. O pressuposto é que, por causa desse desarranjo, as células sofreriam com a maior geração de radicais livres.

O açaí, famoso por sua capacidade energética, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias – daí a hipótese de ter papel benéfico nesse processo. A simulação com o extrato do fruto realizada em laboratório conseguiu reverter os efeitos nocivos nas células – trazendo uma esperança para aliviar os sintomas dos distúrbios psiquiátricos e abrindo perspectivas para novos medicamentos.

Autores – Alencar Kolinski Machado, Euler Esteves Ribeiro, Aline Boligon, Ana Cristina Andreazza, Francine Carla Cadoná, Tatiane Morgana da Silva, Marcelo Soares Fernandes, Fernanda Barbisan, Verônica Farina Azzolin, Grazziele Castagna Weiss, Audrei de Oliveira Alves e Ivana Beatrice Mânica da Cruz.

Instituições – Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), Centro Universitário Franciscano (Unifra) e Universidade de Toronto, Canadá.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário