Amazonas Cidades

Piscicultura gera emprego e renda em Rio Preto da Eva

Foto: Emerson Martins / Sepror
Avatar
Escrito por Redação 4 Senha

Manaus – Em Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus) mora o seu Raimundo Oliveira, que foi beneficiado durante a 3ª Feira da Piscicultura do município, realizada no último mês de março. No evento, a Secretaria Estadual de Produção Rural (Sepror), com apoio do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), distribuiu 65 mil alevinos, capacitou 200 piscicultores e ofereceu orientação para agilizar o licenciamento ambiental.

Seu Raimundo recebeu na Feira 4 mil alevinos, atualmente sendo criados no seu sítio, que possui 43 hectares e quatro tanques com os filhotes de tambaqui.

“Hoje a população pode comer um peixe saudável, tanto quanto aquele de rio, porque a água dos tanques onde os peixes são criados são bem tratadas, com uma transparência de no máximo 40 centímetros. Isso obedece às regras estabelecidas durante o curso que fizemos, pois uma água muito clara estressa o peixe, e uma água muito escura não oxigena a água”, explicou Raimundo.

 

Foto: Emerson Martins / Sepror

Encorajado pelo anúncio do Governo do Amazonas em investir no setor, o piscicultor pretende reativar três barragens, onde também começará a criar matrinxã. “Em Manaus eu trabalhava com gesso, vivia muito estressado. Resolvi investir nesse meu sítio para ter qualidade de vida e trabalhar com algo tão prazeroso”, comenta.

O secretário de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrucio Magalhães Júnior, falou sobre o programa Pró-Piscicultura, lançado no evento.

“Eram produtores que estavam desanimados e que pararam a atividade, e queremos incentivar esses produtores a retomar a atividade. Estamos trabalhando integrados e em conjunto com outros órgãos para melhor servir ao produtor do Amazonas”, garantiu Petrucio.

Feira em Rio Preto – A 3ª Feira da Piscicultura de Rio Preto da Eva aconteceu entre 29 e 31 de março, e durante os três dias do evento foi feita a distribuição de 65 mil alevinos, além da realização da rodada de negócios do Sebrae e da entrega de certificados aos participantes do Programa de Profissionalização da Piscicultura – Pró-Piscicultura e de premiações aos piscicultores, técnicos e autoridades envolvidas na feira.

A piscicultura é a terceira atividade econômica mais rentável de Rio Preto da Eva, ficando atrás da produção de citros e banana. Em 2018, o município produziu cerca de 16 mil toneladas de pescado, do total de 22 mil toneladas produzido em todo o estado.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.