Prefeito de Autazes decreta lockdown para conter disseminação do vírus

Foto: Reprodução

O prefeito de Autazes (a 110 quilômetros de Manaus), Andreson Cavalcante, decretou lockdown por seis dias. A iniciativa se justifica por conta da falta de oxigênio, que está chegando no limite os cilindros em uso, e pelo aumento de casos de infectados.

A gestão municipal decidiu seguir a orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS), decretando isolamento social na tentativa de amenizar a disseminação do vírus. Atualmente, Autazes tem 32 pacientes internados no Centro de Referência, o qual tem capacidade apenas para 30 pacientes. Em tratamento domiciliar, são 40 casos, sem mensurar os suspeitos de infecção.

De acordo com o prefeito Andreson, estão autorizados a funcionar apenas drogarias e supermercados, das 8h às 14h, com toque de recolher 24 horas. “Tivemos que tomar essa decisão para salvar vidas. Temos a confiança de que o isolamento por cinco dias possa reduzir as infecções pelo Covid 19. O distanciamento agora tornou-se fundamental”, afirmou.

Está suspenso também o transporte de passageiros tanto fluvial quanto terrestre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui