Prefeitos querem legalizar garimpeiros no rio Madeira

Foto: Reprodução

Após ação da Polícia Federal para dispersar garimpeiros, prefeitos do interior do Amazonas querem legalizar a atividade desses trabalhadores no rio Madeira. Os gestores estiveram em Brasília, onde se reuniram com a bancada federal para tratar do assunto.

Com representantes de garimpeiros, os prefeitos de Humaitá, Manicoré, Novo Aripuanã e Borba conversaram com os senadores e alguns deputados federais. Para os gestores e garimpeiros, a atividade movimenta a economia local, portanto, deve ser legalizada.

Na reunião também foi pedido o fim da queima das balsas no rio. Audiências públicas serão marcadas para resolver a situação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui