RR: Prefeitura de Boa Vista não cumpriu acordo após a greve, diz sindicato

Sueli Cardozo, presidente do Sindicato, em Roraima/Foto: Divulgação

Sueli Cardozo, presidente do Sindicato, em Roraima/Foto: Divulgação
Sueli Cardozo, presidente do Sindicato, em Roraima/Foto: Divulgação

A Prefeitura de Boa Vista não cumpriu o acordo firmado com os servidores municipais, em fevereiro deste ano, conforme a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Municipais (Sitram), Sueli Cardozo. Segundo ela, o Executivo municipal se comprometeu de finalizar, em julho, o Plano de Cargos Carreiras e Remunerações (PCCR) da categoria, o que não teria ocorrido até hoje, terça-feira (02).

O acordo feito entre a Prefeitura e a entidade aconteceu em fevereiro deste ano e suspendeu uma greve que durou oito dias. Na época, os grevistas pediam revisões salariais e a criação do Plano de Cargos Carreiras e Remunerações.

“Suspendemos a greve de forma temporária porque a prefeitura nos chamou para uma negociação e pediu prazo até julho para entregar os planos de carreiras”, disse Sueli, acrescentando que uma empresa foi contratada para elaborar o documento. “A Fundação Getúlio Vargas ficou responsável pela a elaboração dos planos”.

Contudo, Sueli afirma que o PCCR não foi concluído e que há duas semanas, os funcionários do município têm procurado a Prefeitura para saber quando os planos ficarão prontos.

“A única resposta que recebemos é a de que não há previsão para a entrega do projeto pela Fundação”, contou.

Retorno à greve

Por conta do suposto não cumprimento do acordo, o sindicato afirmou, ainda, que no próximo sábado (06), os servidores municipais se reunirão em uma assembleia geral para decidir se retornarão à greve.

“Diante da falta de clareza nas respostas da prefeitura e falta de previsão para os planos ficarem prontos, vamos reunir a categoria no dia 6 para e decidir o que fazer frente a essa situação”, concluiu.(G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui