Seduc inicia ações contra H1N1 com transmissão ao vivo para o interior

Foto: Cleudilon Passarinho/SEDUC

Tira-dúvidas e aula educativa em parceria com a FVS foram acompanhadas ao vivo para as escolas de mais de 50 municípios.

Prevenção, sintomas e como diferenciar a gripe H1N1 da gripe comum. Esses foram os principais temas abordados pela enfermeira Andreia Santos, da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS), na aula educativa realizada na manhã desta sexta-feira (01/03) e transmitida pelo Centro de Mídias do Amazonas (Cemeam) da Seduc para as escolas do interior. A aula, que teve participação da Coordenação de Saúde da Secretaria, foi transmitida para mais de 50 municípios, com professores e alunos conectados e tirando dúvidas ao vivo.

“É essencial chegar às escolas do interior para que alunos e professores tenham acesso às informações corretas sobre a prevenção ao H1N1, da mesma forma que estamos divulgando nas escolas da capital,” afirma Delta Segadilha, coordenadora do Programa de Saúde nas Escolas da Seduc. Segundo ela, a medida serve para alcançar de forma mais rápida e efetiva o interior, uma vez que se trata de um tema urgente. “Essa aula foi desenvolvida em conjunto com a FVS a partir das definições do secretário Luiz Castro de usar o Centro de Mídias para alcançar o máximo possível de pessoas no interior de forma rápida para divulgar as formas de prevenção”, concluiu.

Foto: Cleudilon Passarinho/SEDUC

Durante a aula, a enfermeira Andréia Santos, da FVS, explicou as formas de transmissão do vírus e ressaltou as melhores maneiras de se prevenir. “A lavagem das mãos é o principal ponto de atenção, principalmente o uso de álcool em gel. Recomendamos também não compartilhar copos, talheres. E para mães e pais, fazer o possível para manter as crianças mais em casa, evitando assim que esse vírus se propague mais rapidamente,” aponta.

Participação – As aulas foram acompanhadas por mais de 62 escolas em 50 municípios e também pelos Coordenadores Distritais de Manaus, que acompanharam a transmissão em uma sala no próprio Centro de Mídias. Os coordenadores locais, alunos e professores do interior puderam tirar dúvidas durante a transmissão diretamente com a enfermeira, com o diretor técnico da FVS, Cristiano Fernandes e também com Bibiano Filho, secretário Executivo Adjunto da Capital, que explanou sobre as medidas que já estão sendo tomadas pelo Governo do Estado para combater o vírus.

Foto: Cleudilon Passarinho/SEDUC

“Dentro do trabalho que está sendo feito pelo Comitê Estadual de Enfrentamento ao H1N1, com o Governo e Prefeituras, a Secretaria tem um papel importantíssimo no que se trata da prevenção. Temos um público de meio de milhão de estudantes no Estado e queremos que cada um dos nossos alunos e seus pais, através dos professores, tenham acesso a todas as informações possíveis para combater o vírus”, comentou.

Ações na capital – Em Manaus, serão entregues materiais educativos com cartilhas e cartazes a partir da tarde dessa sexta (01/03) nas escolas. O material foi produzido pelo Governo do Amazonas tendo por base as recomendações da Organização Mundial de Saúde e tem como objetivo conscientizar alunos, professores e servidores sobre as formas de prevenção e detecção dos sintomas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui