TCE-AM assina acordo de cooperação com órgão de educação da Prefeitura de Manaus

Foto: Divulgação

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Mario de Mello, e a coordenadora-geral da Escola de Contas Públicas (ECP) do TCE-AM, conselheira Yara Lins dos Santos, assinaram, nesta quarta-feira (15), um termo de cooperação com a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão ligado a Prefeitura de Manaus.

O acordo celebrado irá colaborar com um maior desenvolvimento operacional e educacional de ambos os órgãos.

“É gratificante observar o quanto a Escola de Contas tem crescido. Essa integração entre os órgãos públicos educacionais do Amazonas traz grandes benefícios para a sociedade. Deixo meus parabéns à coordenação da ECP pelo belo trabalho oferecido”, frisou o presidente da Corte de Contas, conselheiro Mario de Mello.

“Com imenso prazer damos mais um passo no trabalho da Escola de Contas. Ficamos felizes com essa parceria, pois ela nos dá condição de ajudarmos e sermos ajudados pela Espi, beneficiando os servidores e a coletividade”, destacou a coordenadora-geral da ECP, conselheira Yara Lins dos Santos.

Além da presença do presidente do TCE-AM e da coordenadora-geral da ECP, o procurador-geral do município de Manaus, Ivson Coelho, e o diretor-geral da Espi, Edvar Nunes Junior, estiveram presentes no ato de assinatura do termo.

“É muito importante essa parceria para que os órgãos se ajudem mutuamente. De um lado a prefeitura, e do outro, toda a expertise do TCE-AM. Creio que será uma parceria virtuosa e duradoura. Estamos à disposição desta Corte de Contas, e espero que consigamos estreitar ainda mais parcerias em prol da população”, disse o procurador-geral de Manaus, Ivson Coelho.

“Esse termo vai possibilitar que nossos agentes políticos tenham acesso a essa expertise da Corte de Contas para uma melhor transparência e análise de contas. Firmar este acordo é de extrema importância para o município de Manaus”, destacou o diretor-geral da Espi, Edvar Nunes Junior.

Benefícios do termo de cooperação

O acordo firmado entre o TCE-AM e a Espi possibilita realizações de capacitações para servidores públicos do Estado e do Município de Manaus. As capacitações servirão para promover o desenvolvimento dos profissionais e uma maior potencialização dos serviços públicos prestados pelas gestões.

O termo prevê a colaboração dos órgãos em elaboração de planos de trabalhos; ofertas de cursos em Educação a Distância; suporte aos participantes das atividades realizadas, e apoio entre os entes participantes para a realização de ações educacionais específicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui