Aleam aprova empréstimo para nova fase do Prosamin e mudanças no Estatuto da Polícia Civil

Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (17), os deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) aprovaram, na Ordem do Dia, três projetos oriundos de mensagens Governamentais, entre eles o que autoriza empréstimo externo do Governo do Amazonas para execução das obras do Prosamin e outro alterando dispositivos do Estatuto da Polícia Civil para serem aplicados no edital do próximo concurso da instituição.

O Projeto de Lei nº 532/2021, originado a partir da Mensagem Governamental, aprovado pelos deputados, permitirá um empréstimo de US$ 80 milhões, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para serem aplicados no Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin). Diferente da redação da lei n.º 5.635, de 1.º de outubro de 2021, aprovada anteriormente pela Assembleia, que especificava as obras a serem feitas no futuro programa, a nova mensagem o Governo se limitou a explicar que o Prosamin tem como objetivo contribuir para a melhoria de condições de salubridade e socioeconômicas da população da área de intervenção e a modernização da gestão pública.

A matéria recebeu emenda, proposta pelo deputado estadual Dermilson Chagas, incluindo na redação alterações a serem feitas como ações para a melhoria das condições de salubridade da população da área de intervenção; mediante o aumento do acesso da população a serviços de infraestrutura de água, esgotamento sanitário, drenagem e desenvolvimento urbano, com foco na inclusão de gênero e diversidade e melhoria da resiliência climática.

Outra aprovação, feita pelo parlamento estadual, foi do Projeto de Lei nº 518/2021, oriundo da Mensagem Governamental, que altera o estatuto da Polícia Civil, prevendo a permanência dos aprovados no concurso, pelo prazo mínimo de cinco anos, no interior do Estado, antes da atuação na capital e também o valor da bolsa do curso de formação de dois salários mínimos. Segundo o deputado estadual Delegado Péricles (PSL), a previsão de permanência no interior vem ao encontro da carência de pessoal nas delegacias dos municípios.

Foram aprovados também dois projetos de Resolução Legislativa: o PRL nº 09/2021, que concede a Medalha do Mérito Jurídico Ministro José Bernardo Cabral ao doutor José Bernardo Cabral, ex-Ministro da Justiça, ex-Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e ex-Presidente da Câmara dos Deputados; e também o PRL n. 39/2021, concedendo a Medalha Ruy Araújo à Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, Joana dos Santos Meirelles. Ambos são de autoria do deputado Álvaro Campelo (Progressistas).

Diretoria de Comunicação da Aleam

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui