Alfredo Menezes diz que ‘Não há mais espaço para aproveitadores’ em Manaus

Foto: Reprodução

“Não há mais espaço para aventureiros, aproveitadores e desqualificados, Manaus precisa avançar, a cidade ficou inerte durante os últimos 20 anos”, com esse post nas redes sociais no último fim de semana, o pré-candidato a prefeito Alfredo Menezes acaba caindo em contradição.

Ele sempre teve uma relação amistosa com o atual prefeito de Manaus, Arthur Neto, enquanto comandou a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). O titular da autarquia ainda escreveu que Manaus tem problemas complexos. “Não há soluções simples, é preciso ter saúde, disposição e disciplina para enfrentá-los e isso não nos falta, pelo contrário, sobra”, completou.

O aliado do presidente Jair Bolsonaro parece ter esquecido que foi justamente o prefeito Arthur Neto quem lhe prestou apoio, enquanto era atacado pela bancada federal em Brasília. Menezes ainda aproveitou para agradecer a “parceria” com Bolsonaro.

“O apoio do Presidente Bolsonaro e a política econômica do ministro Paulo Guedes foram fundamentais para o Polo Industrial de Manaus bater recordes e superar a marca de R$ 100 bilhões no ano passado, um número histórico”, postou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui