Carlos Almeida é forte suspeito em desvio de verbas da Saúde, segundo a PF

Vice-governador Carlos Almeida na aça de mira da Polícia Federal - Foto: Reprodução

A suposta fraude na compra de respiradores para o enfrentamento da Covid-19 no Amazonas pode ter tido forte envolvimento do vice-governador do Amazonas, Carlos Alberto Almeida.

O esquema de desvio de dinheiro da Saúde no Amazonas, resultou na Operação Sangria, da Polícia Federal desencadeada nessa quinta feira (08) em Manaus.

De acordo com o delegado regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Henrique Albergaria Silva, o vice-governador do Amazonas é um dos alvos da segunda a fase da operação.

A ação policial esteve em seu gabinete e também em sua casa, no bairro Ponta Negra, para cumprir mandados de busca.

Após a análise dos materiais apreendidos, o envolvimento de Almeida ficou claro para a polícia. “Constatou-se que o vice-governador teve grande ingerência e influência nos atos praticados pela Secretaria de Saúde”, afirmou o delegado.

Outros empresários também podem estar envolvidos no esquema. O caso e a situação do vice-governador seguem sob investigação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui