Conforto, sustentabilidade e natureza são tendências da decoração e da construção para 2022

Foto: Divulgação/istock

Ambientes aconchegantes e que aproximam casa da natureza são reflexos de anos pandêmicos

Com o final de 2021 chegando, as novas tendências para o ano novo que se aproxima começam a ser analisadas por especialistas das mais diversas áreas. E, no mundo da construção civil e da arquitetura de interiores, não é diferente. Os estudos dos estilos e das cores para 2022, por exemplo, já são duas das notícias mais esperadas pelo mercado de decoração. Afinal, com esses estudos, as marcas se basearão para lançar as novas linhas de produtos. Um dos estilos que vai permear o ano de 2022 é certo: o chamado “comfy”, que é o estilo que promete conforto, praticidade e versatilidade.

Por conta dos quase dois anos de pandemia de COVID-19 e o tempo maior dentro de casa, tornou-se comum que as pessoas prestassem mais atenção aos seus lares, investindo mais na decoração e no próprio conforto da casa. Isso significa, na prática, ambientes menos frios e menos estéreis, a preferência por cores mais vibrantes, formas orgânicas e um mix de estilos que focam exclusivamente no conforto que o ambiente promete e cumpre. Isso não significa, necessariamente, um “maximalismo” de cores – pelo contrário, vem tudo muito bem balanceado pelo minimalismo, que flui as combinações de cores e formas.

Natureza e sustentabilidade para dentro de casa

No intuito de tornar o lar mais aconchegante, sem dúvidas, uma das apostas para 2022 é trazer mais natureza para dentro de casa. Segundo o arquiteto Victor Hugo, uma das maiores tendências da construção civil da atualidade é a integração e a interiorização, ou seja, trazer o exterior e a natureza para dentro de casa. Paredes verdes combinando com decoração com plantas tem tudo para dar certo. O verde, inclusive, é uma das tendências para grandes marcas da área de tintas, pois é capaz de representar a natureza, o digital, a energia e a esperança, que tem sido fundamental para unir as pessoas em um momento tão difícil quanto os anos de pandemia.

Pensando também no home office, a madeira sustentável e os móveis versáteis que economizam espaço (sem perder o conforto) são ideais – inclusive, é possível implantar escrivaninhas “dobráveis”, em que a mesa fica presa diretamente na parede, por meio de uma furadeira de impacto. Esse tipo de mesa é perfeito para kitnets, studios e apartamentos menores, e os escritórios podem ser muito bem decorados com plantas para deixar o ambiente mais agradável e fresco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui