Prefeito de Manaus anuncia a entrega do ‘Cidadão Manauara 2’ para o dia 16 de julho

Foto: Ruan Souza / Semcom

O prefeito de Manaus, David Almeida, vistoriou, na manhã desta terça-feira, 29/6, a fase final das obras do residencial Cidadão Manauara 2, etapa B, no bairro Santa Etelvina, zona Norte. Durante a inspeção, o chefe do Executivo municipal anunciou que os 500 apartamentos serão oficialmente entregues à população pelo presidente Jair Bolsonaro, no dia 16 de julho.

As 500 unidades habitacionais estão em fase de acabamento, dentro dos trabalhos coordenados pela Vice-Presidência de Habitação e Assuntos Fundiários (Vpreshaf), órgão ligado ao Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), cujas ações foram ampliadas para atingir as metas definidas pelo prefeito David Almeida.

Foto: Ruan Souza / Semcom

“No próximo dia 16, iremos, não só entregar esse conjunto, mas anunciar a  construção de mais habitações e novas obras estruturantes para Manaus, além daquelas do programa ‘Mais Manaus’, que são mais de R$ 1 bilhão em melhorias para a capital e que está com o financeiro sendo finalizado”, enfatizou Almeida.

Foto: Ruan Souza / Semcom

O chefe do Executivo municipal comentou, ainda, sobre o programa “Casa para Todos”, cuja meta é a construção de mais de 5 mil unidades habitacionais de interesse social em diversos bairros da capital. “Nós temos aqui essa entrega de 500 casas e a perspectiva é de fazer 5 mil habitações na cidade de Manaus. Com a vinda do presidente, nós vamos avançar muito nessa meta, alcançando uma parte dela, conforme será anunciado dia 16 de julho”, salientou.

O objetivo do programa é a construção de novos conjuntos habitacionais, além da oferta de lotes pequenos e urbanizados. Conforme o prefeito David Almeida, o projeto prevê a criação de um Núcleo de Apoio Técnico à Moradia, que será responsável por orientar o cadastramento das famílias nos programas habitacionais.

Residencial Manauara 2

Cada torre do residencial Cidadão Manauara 2 tem cinco andares, sistemas de gás encanado e de água, além de instalações hidrossanitárias. A obra habitacional e social, realizada pela Prefeitura de Manaus, tem recursos da Caixa Econômica, dentro do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Foto: Ruan Souza / Semcom

Os apartamentos são adaptados, atendendo à Norma Brasileira (NBR) nº 9.500, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que trata da acessibilidade a edificações, mobiliários, espaços e equipamentos urbanos para Pessoas com Deficiência (PcDs), inclusive nas áreas comuns.

Os futuros moradores serão isentos de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), como medida do prefeito David Almeida, por lei municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui