Família de Avicii confirma que DJ se suicidou

Artista estava cansado da fama e da exigência que a profissão de DJ impunha-Foto: Divulgação

Em comunicado, a família de Avicii revela que o DJ de 28 anos deixou uma carta de despedida no dia em que foi encontrado morto.

“Ele [Avicii] queria encontrar a paz. O Tim não foi feito para a máquina dos negócios em que se viu envolvido. Ele era um jovem sensível que amava os seus fãs mas detestava a ribalta”, revela a família.

O artista foi encontrado morto no dia 20 de abril em Oman, onde se encontrava de férias com um grupo de amigos.

Artista estava cansado da fama e da exigência que a profissão de DJ impunha-Foto: Divulgação

Recorde-se que num documentário recente acerca da sua vida, Avicii – cujo verdadeiro nome é Tim Bergling – já havia confessado que se não fizesse uma pausa na sua carreira acabaria por morrer. O seu apelo, contudo, não foi ouvido pelos seus agentes, que o desafiaram a continuar a criar, apesar de se ter afastado dos palcos em 2016.

“Quando ele acabou as digressões, ele queria encontrar um equilíbrio na sua vida para ser feliz e capaz de fazer aquilo que mais gostava: música. Ele debatia-se com pensamentos sobre significado, vida, felicidade. Ele não conseguia aguentar mais”, pode, ainda, ler-se no comunicado da família, que garante que o artista “jamais será esquecido”.

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui