Homens que moram sozinhos: como cuidar da alimentação?

Foto: Reprodução

Trabalhar e estudar durante toda a semana, enfrentar filas, conduções lotadas e o trânsito interminável faz parte da rotina do brasileiro, inclusive de muitos homens solteiros que moram sozinhos. Além de todas as responsabilidades profissionais, tem que sobrar tempo para cuidar da casa , muitas vezes dos filhos e principalmente da alimentação.

De acordo com a nutricionista ortomolecular Luciana Harfenist (@lucianaharfenist), referência em nutrição funcional, com um pouquinho de força de vontade, dá para conciliar a rotina diária com uma alimentação balanceada. “A alimentação é primordial para a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, portanto, lembre-se de que você tem duas escolhas: investir em saúde agora, ou em medicamentos, num futuro que pode estar mais perto do que você imagina, não apenas quando idoso, prejudicando sua qualidade de vida e resultados profissionais”, explica a profissional.

A nutricionista deu algumas dicas para manter a alimentação em dia:

Fique atento na hora das compras!

– Deixe de lado pizzas, lasanhas, sorvete, doces e guloseimas;
– Semanalmente ou quinzenalmente, compre 5 opções de legumes e verduras e 5 frutas. Não precisam ser quantidades enormes e alguns alimentos devem estar mais ou menos verdes, para que dê tempo de serem consumidos;
– Se o seu tempo em casa para o preparo de alimentos é realmente muito curto, fique tranquilo, muitos mercados possuem legumes e verduras já higienizados e cortados. As frutas, prefira as de fácil higienização e transporte para o consumo: maçã, pera, banana, uva, abacate, morango, kiwi, laranja e mamão;
– Prefira os alimentos orgânicos e integrais, pois além de ricos em fibras, vitaminas e minerais, são livres de agrotóxicos.
– Reserve um tempo no final de semana para o preparo de refeições. Não sabe cozinhar? Arrisque-se nas receitas. Basta seguir o passo a passo, comece pelo fácil! Caso não queira cozinhar, avalie se financeiramente é um bom custo-benefício alimentar-se fora ou encomendar congelados saudáveis semanalmente.
– Em alguns mercados ou horti frutis você pode comprar saladas de vegetais e de frutas prontas. Vamos dar uma passadinha a cada três dias antes de voltar pra casa para repor os estoques?
– Que tal comprar deliciosos molhos saudáveis para temperar as saladas e as carnes? Diversos mercados e horti frutis vendem. Nada de comprar temperos industrializados, somente os que não contenham corantes e aditivos químicos.

Como comer na rua?

Busque por restaurantes que tenham um foco para alimentação saudável, pois estes priorizam a utilização de temperos naturais, carnes magras e o uso moderado de sal e gorduras. “Antes do prato principal, é importante consumir bastante folhosos e verduras, pois são ricas em fibras e lhe darão saciedade. Para temperar, faça seu próprio mix de ervas e especiarias naturais e leve dentro de um potinho (curry, cúrcuma, pimenta preta, orégano, tomilho, alecrim); Escolha carnes magras grelhadas, cozidas ou assadas, como o peixe; Não consuma refrigerantes, prefira uma deliciosa limonada bem gelada”, ressalta a nutricionista.

E o lanche para levar na mochila?

“Os lanches são a parte mais fácil, pois podem ser castanhas, nozes, frutas, frutas secas, iogurte com aveia e frutas, sanduíches naturais de frango ou atum, água de coco, barras de proteínas e até mesmo doces de marcas saudáveis, que não utilizam corantes artificiais e aditivos químicos, facilmente encontrados em casas de produtos naturais”, finaliza Luciana.

Luciana Harfenist – nutricionista ortomolecular, referência em gastronomia funcional – CRN: 0601414 – http://instagram.com/lucianaharfenist

A carioca Luciana Harfenist (@lucianaharfenist) atua há mais de 11 anos na área de cursos e congressos, sempre promovendo a nutrição e é CEO do Instituto Luciana Harfenist. Pós graduada em nutrição funcional, fitoterapia e nutrição esportiva, a nutricionista ortomolecular foi convidada para ser gestora da área de nutrição pela Faculdade Campos Elíseos para desenvolver, junto a Instituição Paulista, no Rio de Janeiro,  os programas de pós-graduação em Nutrição Ortomolecular, Esportiva, Funcional, Estética e Fitoterapia.

A nutricionista também se destaca por ser fundadora da Rio Health Nutrition, evento inovador nas áreas da nutrição, medicina e saúde, que tem como objetivo unir nutricionistas, médicos, profissionais da saúde, professores, estudantes, pessoas e marcas do segmento que buscam equilíbrio, performance e longevidade. Ademais, Luciana é personal professional coach em peso ideal da Sociedade Latino Americana de Coaching e Diretora Técnica dos Congelados da Nutri, sempre promovendo um estilo de vida saudável e o bem-estar.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui