Formal & Informal

Josué Neto está cada dia mais perto da presidência da Aleam

Josué Neto está cada dia mais perto da presidência da Aleam - Foto: Divulgação
Avatar
Escrito por Redação II

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) encerrou os trabalhos de 2018 com forte movimento de articulação para a eleição do próximo presidente da Casa, que tem no deputado estadual Josué Neto (PSD) o nome mais cotado, até o momento.

Contagens extraoficiais indicam que oito deputados já declararam apoio ao deputado Josué Neto. Há quem diga que ele já cooptou 18 votos e deve confirmar a sua eleição para o seu segundo mandato como presidente da Aleam.

Josué vem buscando mais apoio dos colegas e tentando inserir o governador eleito Wilson Lima na decisão. Quem não lembra o fato ocorrido na festa da vitória de Wilson Lima, com a presença do parlamentar, e das aparições em eventos e diversos atos de cortesia para Wilson das vezes que o futuro governador foi à Aleam.

Wilson Lima já declarou em algumas entrevistas que a escolha fica a cargo dos deputados e sem a sua interferência na escolha de um nome.

Josué Neto está cada dia mais perto da presidência da Aleam – Foto: Divulgação

Contando com o seu próprio voto, Josué Neto soma 09 votos declarados rumo à presidência da Aleam para o biênio 2019/2020. Em seus últimos pronunciamentos de 2018, após a votação da Lei Orçamentaria Anual (LOA), os deputados estaduais Alessandra Campêlo, Cabo Maciel e Ricardo Nicolau declararam seus votos ao deputado Josué Neto para ser o futuro presidente da Aleam. Os novos deputados Wilker Barreto, Terezinha Ruiz, Felipe Souza, João Luiz e Joana D’arc já se manifestaram a favor de Josué Neto.

Com a chegada dos novos deputados a disputa tem a tendência de ficar mais acirrada nessa corrida que ainda tem no nome do deputado Belarmino Lins (PP), correndo nos bastidores e nos corredores da Casa, com o apoio dos funcionários, que não votam e de uns 03 deputados. O fato é que o novo presidente terá um papel fundamental junto ao novo governante do Estado e poderá devolver ao Executivo, uma bancada favorável à sua gestão.

No próximo dia 1° de janeiro, a Assembleia legislativa vai transferir os trabalhos para o Teatro Amazonas devido à solenidade de posse de Wison Lima e Carlos Almeida. O cenário será promissor para essa costura política.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.