Microempreendedores são capacitados em novas tendências de mercado

Fotos - Elidiane Santos / Semad

A Prefeitura de Manaus segue capacitando os permissionários que atuam nas galerias populares, apresentando as novas tendências do mercado varejista. Desta vez, um total de 159 microempreendedores foram certificados com a oficina “Gestão de Marketing e Varejo”, na tarde desta quarta-feira, 4/9, no Shopping Phelippe Daou, zona Leste.
A capacitação faz parte do Programa de Gestão de Negócios voltado ao Comércio Popular de Manaus, coordenador pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc).

A oficina teve como objetivo apresentar ações estratégicas no comércio varejista, por meio das ferramentas do marketing, conforme explica a diretora-geral da Espi/Semad, Stela Cyrino. “Marketing e varejo é um conjunto de atividades realizadas por um varejista para promover e vender produtos da sua loja, cuja diferença do marketing tradicional se dá devido aos componentes dessa modalidade de comércio, tais como a venda de produtos em pequenas quantidades para o consumidor final”, ressaltou Stela, destacando a importância da capacitação.

Fotos – Elidiane Santos / Semad

De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), Fábio Albuquerque, para a Prefeitura de Manaus, não basta dar ao microempreendedor um ambiente de trabalho digno, confortável e seguro, é preciso qualificá-lo. “Por determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, todos devem ser preparados para esse novo momento, recebendo noções básicas de empreendedorismo, finanças, marketing, entre outros cursos, possibilitando, assim, um crescimento profissional e do próprio empreendimento”, enfatizou.

Participante da capacitação, o lojista do ramo de confecções e serviços, Marcelo da Silva, ressaltou a importância da oficina na área de gerenciamento de negócios, atendimento ao público e custo benefício. “Depois que aprendi sobre as novas estratégias de conquistar o cliente, o atendimento ao público da minha loja melhorou bastante. Se o cliente for bem atendido, certamente ele irá voltar. Isso só fideliza a parceria entre o lojista e o cliente”, pontuou.

Desde março, os permissionários das galerias populares participam de cursos de capacitação oferecidos pela Prefeitura de Manaus. Para outubro, está prevista a oficina “Microfranquias: vantagens e desafios”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui