Serafim sugere a compra direta de vacinas para o Governo e prefeituras do Amazonas

Deputado Serafim Corrêa (PSB) - Foto: Reprodução

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) propôs nesta quinta-feira, 28, ao governador do Estado e aos 62 prefeitos, durante sessão da ALE-AM (Assembleia Legislativa do Amazonas), que haja diálogo com o Instituto Butantan para a compra emergencial e direta de imunizantes para o Amazonas.

“A saída para o mundo todo é a vacinação. O mundo já vacinou 80 milhões de habitantes, mas isso é menos do que 1%, falta ainda vacinar 99% da nossa população. O Butantan e a Fiocruz conseguiram produzir vacinas e, por uma série de questões, que ocorreram anteriormente, o Brasil ainda não conseguiu, talvez porque perdeu a hora certa de fazer o negócio. Não conseguiu vacinas na quantidade em que precisamos”, alertou Serafim.

O parlamentar destacou que o país necessita da compra de 330 milhões de doses de vacinas, no mínimo, para imunização da população, mas que há apenas 12 milhões de vacinas disponíveis contra a Covid-19.

“O Butantan fez um contrato de 46 milhões de doses da Coronavac para entregar ao governo federal o plano nacional de imunização.  Mas ele tem condições de produzir mais 54 milhões de vacinas. Para isso é preciso assinar o contrato agora. Não adianta ele trazer a matéria prima, produzir a vacina e não ter para quem vender. O que vai acontecer é que ele vai vender para países vizinhos da América Latina que querem comprar”, disse o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui