Suspeito de estuprar criança, homem é morto a pauladas e tiros em Iranduba


Com pauladas e dois tiros na cabeça, o camelô Pedro Cordeiro da Rocha, de 32 anos, foi assassinado na manhã de hoje, quinta-feira (27), em uma área de várzea, no Distrito do Cacau Pirêra, no município de Iranduba, a 27 quilômetros de Manaus.
De acordo com as informações do sargento Allan Leite, da 8ª Companhia Interativa da Polícia Militar (CIPM), o camelô foi assassinado por suspeita de ter estuprado uma menina, na noite da última quarta-feira (26).

Após o estupro, cerca de dez homens invadiram à casa do suspeito, localizada na Rua 8, Distrito de Cacau Pirêra, por volta das 7h e, o arrastaram a força para a área verde, onde foi agredido e morto com tiros e pauladas.

“Ainda não sabemos se o crime de fato é verdadeiro, pois, até o momento nenhum familiar da criança procurou a delegacia para registrar a ocorrência de estupro”, disse o sargento Allan Leite.

estuprador2

O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O homicídio foi registrado na 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui