Governo do Amazonas finaliza fila de espera da hemodiálise

Foto: Diego Peres/Secom e Rodrigo Santos/SES-AM

O secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, afirmou neste domingo (25/10) que o Governo do Amazonas eliminou a fila de espera para a realização de hemodiálise e organizou a oferta desses serviços na rede estadual de saúde.

No início de setembro, o governador Wilson Lima assinou um convênio com o Hospital Beneficente Português para a contratação de 180 novas vagas de hemodiálise destinadas à rede pública.

Foto: Diego Peres/Secom e Rodrigo Santos/SES-AM

Com isso, não há mais necessidade de os pacientes renais crônicos, aqueles que precisam de terapia renal substitutiva três vezes por semana, usarem os serviços de nefrologia dos prontos-socorros, como acontecia em outros tempos.

O secretário explicou, ainda, como esse serviço está sendo oferecido nos prontos-socorros da rede, em Manaus.

Neste domingo, no HPS 28 de Agosto, havia apenas 31 pacientes usando o serviço de nefrologia implantado na unidade para as urgências, a maioria internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por outros problemas que comprometeram o sistema renal e que por isso precisam fazer hemodiálise como uma das terapias indicadas no tratamento intensivo.

Foto: Diego Peres/Secom e Rodrigo Santos/SES-AM

A quantidade é muito inferior à alegada pelo Sindicato do Médicos do Amazonas (Simeam), em visita à unidade neste final de semana, que disse haver 300 pacientes nessa condição no HPS. “Nós ampliamos a oferta na rede conveniada, notadamente ali na Beneficente Portuguesa. Hoje, na rede, nós eliminamos a ‘fila da morte’ nos prontos-socorros, e os pacientes já têm a possibilidade de programar o seu tratamento na hemodiálise”, ressaltou Marcellus Campêlo.

Além do Hospital Beneficente, completam a rede de assistência em Nefrologia da SES-AM a Clínica Pronefro, o Centro de Doenças Renais do Amazonas (CDR), a Clínica Renal de Manaus, o Hospital Getúlio Vargas, o Hospital Santa Júlia e a Clínica CEHMO, que atua no Centro de Hemodiálise do Hospital Adriano Jorge. O encaminhamento é feito pela Central Unificada de Regulação e Agendamento de Consultas e Exames (Cura), a partir de solicitação médica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui