Nem todos os atrativos estão funcionando em Presidente Figueiredo

Cachoeira do Ipy, no Km, da AM- 240, no município de Presidente Figueiredo - foto: Paulo Lins

O retorno das atividades econômicas acontecem aos poucos e, para isso, é necessário cumprir algumas regras estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para evitar a proliferação do coronavírus.

É o que acontece, por exemplo, em Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus). No município, alguns serviços não essenciais foram autorizados a reabrirem.

“Aos poucos, os estabelecimentos comerciais vão reabrindo em Presidente Figueiredo. Para retomar o funcionamento, é necessário que os locais apresentem à prefeitura um plano de trabalho que será avaliado pelas autoridades competentes”, explicou o secretário municipal de Turismo, Paulo Lins. “A partir desse plano, é criado um termo de responsabilidade e vamos verificar se o local segue as leis sanitárias”, acrescentou.

Cachoeira da Pedra Furada, em Presidente Figueiredo – foto: divulgação

Ainda conforme o secretário, caso as regras não sejam cumpridas, o local estará sujeito à multa e também à cassação do alvará de funcionamento. O serviço não essencial em Presidente Figueiredo está liberado parcialmente, cada empreendimento deve ter apenas 50% da capacidade preenchida, disponibilizar álcool em gel, observar o distanciamento social e obrigar o uso de máscaras.

Secretário Paulo Lins inspecionando as atrações no município de Presidente Figueiredo – foto: divulgação

Liberação dos parques

Os parques municipais de Presidente Figueiredo ainda não estão liberados para o público. “Esses locais vão acompanhar a determinação do governo do Estado, por meio da Amazonastur. Há um acordo para que a abertura aconteça a partir do dia 9”, disse Paulo Lins.

Um grupo de trabalho deve se reunir nos próximos dias para definir a data de reabertura dos parques municipais. Representantes de secretarias da cidade estarão presentes no encontro para definir as regras de retorno das atividades.

Cachoeira do Urubuí, na orla da cidade de Presidente Figueiredo – foto: Paulo Lins

Desde o início da pandemia de coronavírus no Amazonas, Presidente Figueiredo registrou 1.624 pessoas infectadas. Vinte pessoas morreram por covid-19, de acordo com dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui