Segundo semestre será de inflação baixa, diz Mantega

Ministro Guido Mantega, diz que inflação será baixa no 2o. semestre

Ministro Guido Mantega, diz que inflação será baixa no 2o. semestre
Ministro Guido Mantega, diz que inflação será baixa no 2o. semestre

Após ter ultrapassado o teto da meta do Banco Central em junho, de 6,5%, a inflação deve se arrefecer no segundo semestre, de acordo com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

“Os dados do IPCA [Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo] e do IGP-M [Índice Geral de Preços do Mercado, usado em contratos de aluguel] indicam uma curva inclinada para baixo”, disse Mantega. “Os meses de julho e agosto são de inflação baixa, e o consumidor já sente isso no bolso. Esse segundo semestre será de inflação baixa.”

O ministro avaliou a inflação do País como “moderada” e disse que a política monetária “tem sido severa”, já que o objetivo era manter a taxa de juros básica da economia, a Selic, em um patamar que desse prioridade para uma queda da inflação. Atualmente, a Selic está em 11% ao ano.

Sobre o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do País, o ministro afirmou que o segundo semestre “será melhor do que o primeiro”. “(…) não tenho dúvida”. “Teremos muito mais dias úteis do que no primeiro semestre, que teve a Copa do Mundo. O pessoal vai poder consumir mais”, afirmou Mantega.(Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui