Técnicos do Prosamim expõem exigências ambientais do programa

Foto: Divulgação

Durante o Seminário para discussão de Conceitos Ambientais, Licenciamentos, Estudos e Planos, realizado pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), foram apresentadas as diretrizes ambientais internacionais utilizadas na execução das intervenções do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

O seminário tem como objetivo promover uma troca de experiências sobre conceitos e licenciamentos ambientais inseridos na execução de obras.

O presidente do Ipaam, Juliano Marcos Valente de Souza, disse que o cumprimento das legislações ambientais é de suma importância, porque, de acordo com ele, todo e qualquer empreendimento necessita seguir as regras ambientais durante a sua execução, desde as atividades de agricultura até as atividades industriais.

O coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo, explicou que o seminário é uma contrapartida do Ipaam e que foi estabelecido dentro do plano de trabalho proposto para o fortalecimento institucional entre a UGPE e o Ipaam.

“É de extrema importância que os participantes do seminário conheçam o Sistema de Gestão Socioambiental (SGSA) exigido pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), pois o sistema é completo e aborda não somente as questões ambientais, como também a segurança dos trabalhadores da obra e todas as ações que visam minimizar os impactos da obra para as populações que vivem no seu entorno”, ponderou Marcellus Campêlo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui