UEA bloqueia empréstimos consignados de seus servidores para evitar golpes

Prédio da reitoria da Universidade do Amazonas - foto: divulgação

Nos últimos meses, servidores da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) vêm sendo vítima de empréstimos consignados realizados sem que tenham solicitado o desconto em suas contas bancárias.

A gestão superior da UEA, preocupada com o aumento das incidências, visto já terem sido registradas pelo menos 8 ocorrências, solicitou, junto à Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), que a opção de crédito consignado de seus servidores da instituição fosse, provisoriamente, bloqueada.

O reitor da UEA, Prof. Dr. André Zogahib, tranquiliza os servidores adiantando que a instituição encontra-se em tratativas junto à Sead para que essa questão burocrática seja resolvida o mais rapidamente possível.

“Acredito que, até o final desta semana, já saberemos como deverá ser feito o procedimento para que possa ser solicitado o desbloqueio da margem consignada das contas de nossos servidores”, informa o reitor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui