SSP-AM e Ufam firmam acordo de cooperação para reforçar segurança na instituição

Foto: Lucas Silva/Secom

O Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), vai firmar um acordo de cooperação técnica com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) para reforçar a segurança na área da instituição.

A construção do documento foi definida, na tarde desta terça-feira (06/12), durante reunião entre membros da instituição de ensino e de órgãos de Segurança Pública, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na zona sul de Manaus.

O secretário da SSP, general Carlos Alberto Mansur, disse que o encontro ocorreu após determinação do governador Wilson Lima, em atendimento a uma solicitação do reitor da Ufam, Sylvio Puga.

Foto: Lucas Silva/Secom

“Nós vamos fazer esse apoio. Ainda teremos que definir quais seriam as atribuições de cada órgão, não só dos órgãos de segurança pública, mas também da Ufam e da própria Polícia Federal. E, para isso, nós faremos um Acordo de Cooperação Técnica. Vamos trabalhar, também, na área da Inteligência para verificar quais são as quadrilhas que estão atuando nessa área de roubo a ônibus que entram na universidade”, disse o secretário.

O documento será elaborado em conjunto com a Polícia Militar, Polícia Civil, Procuradora Geral do Estado (PGE-AM) e Polícia Federal, que estavam presentes na reunião.

“Saímos daqui com uma agenda de trabalho muito positiva para que, nos próximos dias, estejamos com ações efetivas na universidade para que esse problema seja debelado. É um problema pontual, que nos atinge, mas eu tenho certeza que com a cooperação dos órgãos de segurança nós vamos resolver esse problema“, disse o reitor da Ufam, Sylvio Puga.

Nos próximos dias, os órgãos envolvidos no termo de cooperação estão com encontros marcados para alinharem estratégias em conjunto, incluindo ações de Inteligência.

A Ufam tem mais de 19 mil alunos matriculados e cerca de 80% dos estudantes utilizam transporte público, de acordo com Karime Bentes, diretora de assistência estudantil. “O resultado dessa reunião vai trazer uma sensação inicial de segurança”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui